noticias Seja bem vindo ao nosso site RADIO COSTA LESTE FM 90.5!

Política

INSS acumula 130 mil denúncias de descontos indevidos em benefícios; no Ceará, são dezenas de reclamações

Publicada em 30/03/24 às 09:08h - 10 visualizações

CEARÁ AGORA


Compartilhe
Compartilhar a noticia INSS acumula 130 mil denúncias de descontos indevidos em benefícios; no Ceará, são dezenas de reclamações  Compartilhar a noticia INSS acumula 130 mil denúncias de descontos indevidos em benefícios; no Ceará, são dezenas de reclamações  Compartilhar a noticia INSS acumula 130 mil denúncias de descontos indevidos em benefícios; no Ceará, são dezenas de reclamações

Link da Notícia:

INSS acumula 130 mil denúncias de descontos indevidos em benefícios; no Ceará, são dezenas de reclamações
 (Foto: INTERNET)

Aposentados e pensionistas do INSS se queixam, com frequência, de descontos indevidos em seus benefícios. A supressão do dinheiro é feita sem autorização e atinge, hoje, pelo menos, 130 mil pessoas em todo o Brasil.

O Ceará registra, também, dezenas de queixas de aposentados e pensionistas que são surpreendidos com descontos mensais acima de R$ 40 reais.

O desconto, sem autorização, é feito em nome de sindicatos ou entidades que se apresentam como representantes dos segurados e beneficiários da Previdência Social.

Uma das entidades que são alvo das reclamações é a Amar Brasil Prime Clube (ABCB), um clube de benefícios voltado para pessoas da terceira idade associado ao INSS. A entidade despertou atenção no próprio INSS por ter registrado, entre 2023 e 2024, um aumento de 64,3% no número de associados – em 2023, eram 140 mil, passando, em 2024, para 230 mil.


QUEIXAS E ORIENTAÇÃO: whatsApp (85) 99273.4353


A orientação dada pelo professor e advogado Paulo Bacelar é que, ao perceber o desconto, o aposentado (a) ou pensionista faça o registro na própria agencia bancária ou nos canais do INSS – ‘Meu INSS’ ou ligando na Central 135. Em alguns casos, os próprios bancos já suspendem o desconto.


BIOMETRIA E CERCO A IRREGULARIDADE

O aumento do número de reclamações sobre descontos indevidos nos benefícios fez o INSS a decidir, por meio de um ato normativo, que só serão aceitos vínculos associativos em que os segurados tenham feito essa autorização por meio de biometria. As entidades têm um prazo de 180 dias para se adaptarem. Com o sistema, segundo o presidente do INSS, Alessandro Stefanutto, esse tipo de irregularidade pode ser sanado.



Fonte :   Ceará   Agora




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (85) 3338-1011

Visitas: 7501
Usuários Online: 9
Copyright (c) 2024 - RADIO COSTA LESTE FM 90.5
Converse conosco pelo Whatsapp!